Buscar
  • Ignez Mello

Cláusula PIVOT

Atualizado: 27 de Ago de 2019


O operador PIVOT tem uma função bastante simples: converter linhas do resultado de um select em colunas. A sintaxe usada no PIVOT parece ser um pouco complexa, mas não é, ela é simples, não iremos detalhar essa sintaxe, pois o objetivo principal é mostrar na prática.


Agora que já conhecemos a estrutura do PIVOT, vamos analisar esta query:



O resultado da query exibe uma lista de todos os vendedores da AdventureWorks, o cargo, o número do pedido de venda, o valor da venda e o ano fiscal a que se refere. E o resultado retorna 3.703 linhas.

Não é um relatório muito agradável de analisar, não é? Será que precisamos de todas essas informações? Depende! Depende do tipo de análise que queremos fazer. No nosso caso, queremos totalizar os valores de venda por vendedor e por ano. Resumindo um pouco a query, chegamos a:



Melhor! De 3.703 para 48 linhas. Mas ainda podemos melhorar. E se convertermos os valores de FiscalYear para colunas? É aqui que o PIVOT entra para facilitar o script:



Bem melhor! Agora temos um relatório resumido das vendas anuais por vendedor.

Vamos analisar a sintaxe utilizada nesta query:


Vamos melhorar um pouquinho mais a query, retirando a coluna Job Title, que tem o mesmo valor para todos os registros, e formatar os valores por ano, para aparecer no formato monetário:



Pronto! Um belo relatório, super simples de fazer!

#PIVOT

523 visualizações